segunda-feira, 12 de junho de 2017

Cinco lixos que ameaçam animais marinhos



Plástico: → pastilhas feitas desse material e usadas como proteção de cargas de navios são um dos produtos mais comumente encontrados no estômago de aves e mamíferos marinhos.

Resíduos de matérias de pesca: → a ingestão de pedaços de rede feita de polipropileno (tipo de plástico altamente resistente) é outra causa frequente da morte desses animais.

Pesticidas: → defensivos agrícolas que escoam para os mares matam, sobretudo peixes, porque induzem a multiplicação de algas responsáveis pelo aumento da produção de toxinas e pela redução das taxas de oxigênio nas água.

Dejetos de navios: → óleos, detergentes e metais pesados despejados diariamente na água por meio do esgoto de navios de cruzeiro carregam bactérias e organismos transmissores de doenças.

Alumínio: → descargas de “chuva ácida”, produzida pela mistura de gases emitidos por navios com a umidade presente na atmosfera, elevam o nível de alumínio na água e alteram seus níveis de pH, o que causa a morte de ecossistemas inteiros.


(Revista Veja, junho de 2017) 



Nenhum comentário:

Postar um comentário