segunda-feira, 31 de março de 2014

Dentro de ti está o segredo



 Busca dentro ti a solução de todos os problemas, mesmo a daqueles que julgues mais exteriores e materiais. Dentro de ti está sempre o segredo; dentro de ti estão todos os segredos. Mesmo para abrir caminho na selva, mesmo para levantar uma parede ou firmar uma ponte, deves buscar, antes, dentro de ti, o segredo. Dentro de ti todas as pontes estão instaladas. Estão cortadas, dentro de ti, as ervas más e os cipós que fecham os caminhos. Todas as arquiteturas já estão erguidas dentro de ti. Interroga o arquiteto oculto: ele dar-te-á suas fórmulas. Antes de procurar o machado mais aguçado, a picareta mais sólida, a pá mais resistente, entra em teu interior e pergunta... E saberás o essencial de todos os problemas, a melhor de todas as fórmulas será explicada, e receberás a mais sólida das ferramentas. E acertarás constantemente, porque dentro de ti levas a luz misteriosa de todos os segredos.

Paulo Mendes Campos





Estágios da vida

Estágios da vida do homem


Idade | Bebida

17 | cerveja.
25 | mais cerveja.
35 | vodka.
48 | whisky 12 anos.
66| antiácido Maalox.

Idade | Linha de Sedução

17 | meus pais estão fora no fim de semana.
25 | minha mulher esta fora no fim de semana.
35 | minha mulher e filhos estarão fora no fim de semana.
48 | comprei um carro importado.
66 | minha segunda esposa esta morta.

Idade | Esportes Favoritos

17 | sexo, sexo, sexo.
25 | sexo, sexo, futebol.
35 | sexo, futebol.
48 | futebol e às vezes sexo.
66 | dormir.

Idade | Definição de um Encontro Bem Sucedido

17 | cinema e amasso.
25 | quando termina no café da manhã.
35 | conseguir tomar café da manhã sem os filhos.
48 | ter alguma companhia para o café da manhã.
66 | chegar em casa vivo.

Idade | Fantasia Favorita

17 | dar três.
25 | sexo em local público.
35 | sexo a três.
48 | apenas sexo.
66 | tomar viagra.

Idade | Qual a Idade Ideal para Casar?

17 | 25.
25 | 35.
35 | 48.
48 | 66.
66 | 17.

Idade | Encontro Ideal

17 | assistir um filme de Stephen King no drive-in.
25 | jantar, sexo, dormir agarradinho.
35 | jantar, sexo e ela vai embora.
48 | ela aparece e resolve cozinhar.
66 | ter uma companhia para jantar.



Estágios da vida da mulher


Idade | Bebida

17 | cuba-libre.
25 | vinho branco.
35 | diet coke.
48 | qualquer bebida desde que acompanhada.
66 | leite para osteoporose.

Idade | Desculpa para Recusar Encontros

17 | meus pais não me deixaram ir.
25 | meu namorado vai desconfiar.
35 | meu marido vai desconfiar.
48 | meus filhos vão desconfiar.
66 | nunca recusaria um encontro.

Idade | Esporte Favorito

17 | shopping.
25 | shopping.
35 | shopping.
48 | shopping.
66 | shopping.

Idade | Definição de um Encontro Bem Sucedido

17 | matinê de danceteria e lanchonete Mac Donald's.
25 | jantar com ele pagando e um bom motel.
35 | jantar, motel e um diamante.
48 | jantar e um diamante.
66 | um bom papo basta.

Idade | Fantasia

17 | olhos verdes e bonitos.
25 | olhos verdes, bonito e rico.
35 | olhos verdes, rico e inteligente.
48 | um homem com cabelo.
66 | um homem.

Idade | Idade Ideal para Casar

17 | 17.
25 | 25.
35 | 35.
48 | 48.
66 | 66.

Idade | Encontro Ideal

17 | ele se oferece para pagar.
25 | ele paga.
35 | ele prepara o café da manhã na manhã seguinte
48 | ele prepara o café na manhã seguinte para as crianças
66 | ele consegue mastigar o café da manhã.



Relacionamentos

          



Em Londres um pub está fazendo sucesso porque instalou para seus clientes uma cabine telefônica com uma sonorização peculiar: enquanto a pessoa fala ao telefone, pode acessar o som de um congestionamento, com muito buzinaço. Ou pode acessar o som de um ambiente de escritório. Toda essa parafernália é para que quem esteja do outro lado da linha não identifique o som do bar. Assim o bebum pode dar uma desculpa esfarrapada e chegar em casa sem levar uma descompostura, afinal, estava trabalhando até tarde, o coitado, e ainda por cima ficou preso num engarrafamento depois. Essa cabine telefônica com efeitos especiais só vem demonstrar que os bares andam muito moderninhos, mas os casamentos  continuam  parados no tempo,  mesmo na vanguardista  Inglaterra.  "Só vou se você for" segue na moda.                                                                                                                   

Enquanto isso a hipocrisia deita e rola. Muitas pessoas ainda têm uma ideia convencional do casamento: encaminham-se para o altar como quem encaminha-se para o supermercado em busca de um produto pronto, industrializado, com um rótulo dando as instruções de como utilizá-lo, e parece que a primeira instrução é: nenhum dos dois têm o direito de se divertir sozinho ou com os amigos, a menos que o cônjuge esteja junto. Não é de estranhar que os prazos de validade do amor andem cada vez mais curtos.

“Não há paixão que resista ao grude.”
Não há paciência que resista à patrulha.”
Não há grande amor que prescinda de outras amizades.”

Sair sozinho para beber com os amigos deveria ser um dos 10 mandamentos para uma união estável, valendo para ambos os sexos. Quem não gosta de bar pode substituir por futebol, cinema, shows, sinuca, saraus ou o que o Caderno de Cultura sugerir.

E não perca tempo lamentando por aquele que vai ficar em casa. Provavelmente ele vai se divertir tanto quanto. Ouvir música, ver televisão, ler livros, abrir um vinho, tomar um  banho de  duas  horas,  navegar  na  internet,  dormir  cedinho,  tudo isso  também é um programaço.

Quem não sabe ficar sozinho não pode casar, sob pena de transformar o matrimônio num presídio para dois. Tem muita coisa em Londres que eu gostaria de ter aqui: parques mais bem cuidados, mais livrarias, mais respeito à individualidade, melhor transporte público, prédios mais charmosos. Só dispensaria o clima e esse pub pra lá de vitoriano, onde pessoas adultas são incentivadas a inventar um álibi para justificar um atraso.

Atraso é ter que mentir para que o outro não perceba que você está feliz!


Martha Medeiros








25 coisas que não se pode morrer sem saber.




01 - O nome completo do Pato Donald é Donald Fauntleroy Duck.

02 - Em 1997, as linhas aéreas americanas economizaram US$ 40.000 eliminando uma azeitona de cada salada.

03 - Uma girafa pode limpar suas próprias orelhas com a língua.

04 - Milhões de árvores no mundo são plantadas acidentalmente por esquilos que enterram nozes e não lembram onde eles as esconderam.

05 - Comer uma maçã é mais eficiente que tomar café para se manter acordado.

06 - As formigas se espreguiçam pela manhã quando acordam.

07 - As escovas de dente azuis são mais usadas que as vermelhas.

08 - O porco é o único animal que se queima com o sol além do homem.

09 - Ninguém consegue lamber o próprio cotovelo, é impossível tocá-lo com a própria língua.

10 - Só um alimento não se deteriora: o mel.

11 - Os golfinhos dormem com um olho aberto.

12 - Um terço de todo o sorvete vendido no mundo é de baunilha.

13 - As unhas da mão crescem aproximadamente quatro vezes mais rápido que as unhas do pé.

14 - O olho do avestruz é maior do que seu cérebro.

15 - Os destros vivem, em média, nove anos mais que os canhotos.

16 - O "quack" de um pato não produz eco, e ninguém sabe por quê.

17 - O músculo mais potente do corpo humano é a língua.

18 - É impossível espirrar com os olhos abertos.

19 - "J" é a única letra que não aparece na tabela periódica.

20 - Uma gota de óleo torna 25 litros de água imprópria para o consumo.

21 - Os chimpanzés e os golfinhos são os únicos animais capazes de se reconhecer na frente de um espelho.

22 - Rir durante o dia faz com que você durma melhor à noite.

23 - 40% dos telespectadores do Jornal Nacional dão boa-noite ao William Bonner no final do programa.

24 - Aproximadamente 70 % das pessoas que leem este e mail, tentam lamber seu cotovelo!

25 – Todo homem que não tem saco para coçar, gosta de mandar e receber e-mail.







Pensamentos de Mahtma Gandhi



Gandhi por Romeiro

(1869 – 1948)


 No meio das humilhações e da chamada derrota duma vida tempestuosa, sou capaz de manter minha paz, graças à subjacente fé que tenho em Deus, traduzida como Verdade.

 A minha vida é um Todo indivisível e todos os meus atos convergem uns aos outros; e todos eles nascem do insaciável amor que tenho para com toda a humanidade.

 Conheço o meu caminho; ele é reto e estreito; é como o gume duma espada. Tenho prazer em andar esse caminho. Choro quando tropeço. Deus diz: “Quem trabalha com esforço não perecerá” – e eu tenho uma fé implícita nesta promessa.”

 O desejo sincero e profundo do coração é sempre realizado; em minha própria vida tenho sempre verificado a certeza disto.

 Creio poder afirmar, sem arrogância e com a devida humildade, que a minha mensagem e os meus métodos são válidos, em sua essência, para todo o mundo.

 Acho que vai certo método através das minhas incoerências. Creio que há uma coerência que passa por todas as minhas incoerências assim como há na natureza uma unidade que permeia as aparentes diversidades.

 As enfermidades são os resultados não só dos nossos atos como também dos nossos pensamentos.

 Satyagraha - a força do espírito - não depende do número; depende do grau de firmeza.

 Satyagraha e Ahimsa são como duas faces da mesma medalha, ou melhor, como as duas cades de um pequeno disco de metal liso e sem incisões. Quem poderá dizer qual é a certa? A não-violência é o meio. A Verdade, o fim.

 A minha vida é um Todo indivisível, e todos os meus atos convergem uns nos outros; e todos eles nascem do insaciável amor que tenho para com toda a humanidade.

 Uma coisa lançou profundas raízes em mim: a convicção de que a moral é o fundamento das coisas, e a verdade, a substância de qualquer moral. A verdade tornou-se meu único objetivo. Ganhou importância a cada dia. E também a minha definição dela se foi constantemente ampliando.

 Minha devoção à verdade empurrou-me para a política; e posso dizer, sem a mínima hesitação, e também com toda a humildade que, não entendem nada de religião aqueles que afirmam que ela nada tem a ver com a política.

→ A minha preocupação não está em ser coerente com as minhas afirmações anteriores sobre determinado problema, mas em ser coerente com a verdade.

 O erro não se torna verdade por se difundir e multiplicar facilmente. Do mesmo modo a verdade não se torna erro pelo f ato de ninguém a ver.

 O amor é a força mais abstrata, e também a mais potente, que há no mundo.

 O Amor e a verdade estão tão unidos entre si que é praticamente impossível separá-los. São como duas faces da mesma medalha.

 O ahimsa (amor) não é somente um estado negativo que consiste em não fazer o mal, mas também um estado positivo que consiste em amar, em fazer o bem a todos, inclusive a quem faz o mal.

 O ahimsa não é coisa tão fácil. É mais fácil dançar sobre uma corda que sobre o fio da ahimsa.

 Só podemos vencer o adversário com o amor, nunca com o ódio.

 A única maneira de castigar quem se ama é sofrer em seu lugar.

 É o sofrimento, e só o sofrimento, que abre no homem a compreensão interior.

 Unir a mais firme resistência ao mal com a maior benevolência para com o malfeitor. Não existe outro modo de purificar o mundo.

 A minha natural inclinação para cuidar dos doentes transformou-se aos poucos em paixão; a tal ponto que muitas vezes fui obrigado a descuidar o meu trabalho. . .

 A não-violência é a mais alta qualidade de oração. A riqueza não pode consegui-Ia, a cólera foge dela, o orgulho devora-a, a gula e a luxúria ofuscam-na, a mentira a esvazia, toda a pressão não justificada a compromete.

 Não-violência não quer dizer renúncia a toda forma de luta contra o mal. Pelo contrário. A não-violência, pelo menos como eu a concebo, é uma luta ainda mais ativa e real que a própria lei do talião - mas em plano moral.

 A não-violência não pode ser definida como um método passivo ou inativo. É um movimento bem mais ativo que outros e exige o uso das armas. A verdade e a não-violência são, talvez, as forças mais ativas de que o mundo dispõe.

 Para tornar-se verdadeira força, a não-violência deve nascer do espírito.

 Creio que a não-violência é infinitamente superior à violência, e que o perdão é bem mais viril que o castigo...

→ A não-violência, em sua concepção dinâmica, significa sofrimento consciente. Não quer absolutamente dizer submissão humilde à vontade do malfeitor, mas um empenho, com todo o ânimo, contra o tirano. Assim um só indivíduo, tendo como base esta lei, pode desafiar os poderes de um império injusto para salvar a própria honra, a própria religião, a própria alma e adiantar as premissas para a queda e a regeneração daquele mesmo império.

 O método da não-violência pode parecer demorado, muito demorado, mas eu estou convencido de que é o mais rápido.

 Após meio século de experiência, sei que a humanidade não pode ser libertada senão pela não-violência. Se bem entendi, é esta a lição central do cristianismo.

 Só se adquire perfeita saúde vivendo na obediência às leis da Natureza. A verdadeira felicidade é impossível sem verdadeira saúde, e a verdadeira saúde é impossível sem rigoroso controle da gula. Todos os demais sentidos estarão automaticamente sujeitos a controle quando a gula estiver sob controle. Aquele que domina os próprios sentidos conquistou o mundo inteiro e tornou-se parte harmoniosa da natureza.

 A civilização, no sentido real da palavra, não consiste na multiplicação, mas na vontade de espontânea limitação das necessidades. Só essa espontânea limitação acarreta a felicidade e a verdadeira satisfação. E aumenta a capacidade de servir.

 É injusto e imoral tentar fugir às conseqüências dos próprios atos. É justo que a pessoa que come em demasia se sinta mal ou jejue. É injusto que quem cede aos próprios apetites fuja às conseqüências tomando tônicos ou outros remédios. É ainda mais injusto que uma pessoa ceda às próprias paixões animalescas e fuja às conseqüências dos próprios atos.

 A Natureza é inexorável, e vingar-se-á completamente de uma tal violação de suas leis.

 Aprendi, graças a uma amarga experiência, a única suprema lição: controlar a ira. E do mesmo modo que o calor conservado se transforma em energia, assim a nossa ira controlada pode transformar-se em uma função capaz de mover o mundo. Não é que eu não me ire ou perca o controle. O que eu não dou é campo à ira. Cultivo a paciência e a mansidão e, de uma maneira geral, consigo. Mas quando a ira me assalta, limito-me a controlá-la. Como consigo? É um hábito que cada um deve adquirir e cultivar com uma prática assídua.

 O silêncio já se tornou para mim uma necessidade física espiritual. Inicialmente escolhi-o para aliviar-me da depressão. A seguir precisei de tempo para escrever. Após havê-lo praticado por certo tempo descobri, todavia, seu valor espiritual. E de repente dei conta de que eram esses momentos em que melhor podia comunicar-me com Deus. Agora me sinto como se tivesse sido feito para o silêncio.

 Aqueles que têm um grande autocontrole, ou que estão totalmente absortos no trabalho, falam pouco. Palavra e ação juntas não andam bem. Repare na natureza: trabalha continuamente, mas em silêncio.

 Aquele que não é capaz de governar a si mesmo, não será capaz de governar os outros.

 Quem sabe concentrar-se numa coisa e insistir nela como único objetivo, obtém, ao cabo, a capacidade de fazer qualquer coisa.

 A verdadeira educação consiste em pôr a descoberto ou fazer atualizar o melhor de uma pessoa. Que livro melhor que o livro da humanidade?

 Não quero que minha casa seja cercada por muros de todos os lados e que as minhas janelas esteja tapadas. Quero que as culturas de todos os povos andem pela minha casa com o máximo de liberdade possível.

 Nada mais longe do meu pensamento que a idéia de fechar-me e erguer barreiras. Mas afirmo, com todo respeito, que o apreço pelas demais culturas pode convenientemente seguir, e nunca anteceder, o apreço e a assimilação da nossa. (...) Um aprendizado acadêmico, não baseado na prática, é como um cadáver embalsamado, talvez para ser visto, mas que não inspira nem nobilita nada. A minha religião proíbe-me de diminuir ou desprezar as outras culturas, e insiste, sob pena de suicídio civil, na necessidade de assimilar e viver a vida.

 Ler e escrever, de per si, não são educação. Eu iniciaria a educação da criança, portanto, ensinando-lhe um trabalho manual útil, e colocando-a em grau de produzir desde o momento em que começa sua educação. Desse modo todas as escolas poderiam tornar-se auto-suficientes, com a condição de o Estado comprar os manufaturados.

 Acredito que um tal sistema educativo permitira o mais alto desenvolvimento da mente e da alma. É preciso, porém, que o trabalho manual não seja ensinado apenas mecanicamente, como se faz hoje, mas cientificamente, isto é, a criança deveria saber o porquê e o como de cada operação.

 Os olhos, os ouvidos e a língua vêm antes da mão. Ler vem antes de escrever e desenhar antes de traçar as letras do alfabeto.

 Se seguirmos este método, a compreensão das crianças terá oportunidade de se desenvolver melhor do que quando é freada iniciando a instrução pelo alfabeto.


Mahtma = significa: A Grande Alma



Normas para a felicidade



01. Não deixes para depois o que podes fazer agora.

02. Não gastes jamais teu dinheiro antes de ganhá-lo.

03. Não compres coisa inútil sob o pretexto de que é barata.

04. Não sintas nunca não haver comida bastante.

05. O trabalho executado de boa vontade não traz fadiga.

06. Não recorrer a outro para o que tu mesmo podes fazer.

07. A vaidade e o orgulho custam mais caro que a fome e a sede.

08. Comece as coisas pelo princípio.

09. Guarda-te dos cuidados e das penas que não existem a não ser na tua imaginação e que não chegam jamais.

10. Conta até dez antes de explorar tua ira; e até cinco antes de ofender sem razão.

Pensamentos

01. “Não há nada tão parecido com um homem inteligente quanto um tolo que segura sua língua.”

 (São Francisco de Sales)

02. “Os que amam profundamente jamais envelhecem; podem morrer de velhice, porém morrerão jovens.” 
(Arthur Wing Pinero)

03. “Ninguém deve obedecer a quem não tem direito de mandar.”

 (Cícero)

04. “Serás feliz somente depois de teres compreendido que a vida é triste.” 

(Pearl Buck)

05. “O ciumento é um mártir quer martiriza.” 

(C. Diane)

06. “Uma grande parte dos males que atormentam o mundo deriva das palavras.”

 (Burke)

07. “Queres ser rico? Não te fadigues para aumentar os bens, mas diminuir a tua cobiça.”

      (Epicuro)

08. “Numa Cidade livre, a língua e o pensamento devem ser livres.”

 (Tibério)




Introdução ao Estudo da Gramática

              

LINGUAGEM é a faculdade que o homem tem de se exprimir e comunicar por meio da fala.

Cada povo exerce essa capacidade através de um determinado código linguístico, ou seja, utilizando um sistema de signos vocais distintos e significativos, a que se dá o nome de língua ou idioma.

Criação social da mais alta importância, a língua é por excelência o veículo do conhecimento humano e a base do patrimônio cultural de um povo.

A utilização da língua pelo indivíduo denomina-se fala. A fala nasce da inelutável necessidade humana de comunicação.

A língua não é um sistema inatingível, imutável; como toda criação humana, está sujeita à ação do tempo e do espaço geográfico, sofre constantes alterações e reflete forçosamente as diferenças individuais dos falantes. Dai a existência de vários níveis de fala: culta, popular, coloquial, etc.

A história, o registro e a sistematização dos fatos de uma língua constituem matéria da GRAMÁTICA:

→ A Gramática Histórica estuda a origem e a evolução de uma língua, acompanhando-lhe os passos desde o seu alvorecer até a época atual.

→ A Gramática Normativa enfoca a língua como é falada em determinada fase de sua evolução: faz o registro sistemático dos fatos linguísticos e dos meios de expressão, aponta normas para a correta utilização oral e escrita do idioma, em suma, ensina a falar e escrever a língua-padrão corretamente.

→ De acordo com os diferentes aspectos sob os quais se podem encarar os fatos linguísticos, divide-se a Gramática em cinco partes distintas:

1. Fonética
2. Morfologia
3. Sintaxe
4. Semântica
5. Estilística

1. → FONÉTICA é o estudo dos sons da fala. Considera a palavra sob o aspecto sonoro e trata:

a) dos fonemas: como se produzem, classificam e agrupam. (Fonologia);

b) da pronúncia correta das palavras, ou seja, da correta emissão e articulação dos fonemas. (Ortoépia)

c) da exata acentuação tônica das palavras. (Prosódia);

d) da figuração gráfica dos fonemas ou a escrita correta das palavras. (Ortografia).

2. → MORFOLOGIA ocupa-se das diversas classes de palavras, isoladamente, analisando-lhes a
estrutura, a formação, as flexões e propriedades.

3. → SINTAXE objetiva o estudo das palavras associadas na frase. Examina:

a) a função das palavras e das orações no período. (Análise Sintática);

b) as relações de dependência das palavras na oração, sob o aspecto da subordinação. (Sintaxe de Regência);

c) as relações de dependência das palavras sob o ângulo da flexão. (Sintaxe de Concordância);

d) a disposição ou ordem das palavras e das orações no período. (Sintaxe de Colocação).

4. → SEMÂNTICA tem como objetivo o estudo da significação das palavras. Pode ser descritiva ou histórica.

5. → ESTILÍSTICA trata, essencialmente, do estilo, ou seja, dos diversos processos expressivos próprios para sugestionar, despertar o sentimento estético e a emoção, resume-se no que chamamos de Figuras de Linguagem.


Depois dos 60...

       
  
A todos que já passaram dos 60, um abraço. E quem não passou não ria e tenha esperança, pois um dia você vai chegar lá!

D.A.D.I.A. (Desordem da Atenção Deficitária na Idade Avançada)

Para quem já passou dos 60 ou está com os mesmos sintomas, acabaram de descobrir o diagnóstico para minha moléstia. Recentemente fui diagnosticado com D.A.D.I.A.

Explico melhor:

01. Outro dia decidi lavar o carro; peguei as chaves e rumei em direção à garagem, quando notei minha correspondência largada em cima da mesa.

02. OK, vou lavar o carro, mas antes vou dar uma olhadinha na correspondência, pois pode ter alguma coisa urgente.

03. Ponho as chaves do carro na escrivaninha ao lado e, olhando a correspondência, vejo que tem muita propaganda inútil, pelo que decido jogá-las fora, quando noto que a lixeira está cheia.

04. Então lá vou esvaziar a lixeira. Coloco as contas sobre a escrivaninha, mas lembro que tem um caixa eletrônico bem perto de casa, vou primeiro pagar as contas.

05. Coloco a lixeira no chão, pego as contas e vou em direção à porta.

06. Onde está o talão de cheques? Achei, mas só tem uma folha. Tem talão novo na escrivaninha.

07. Ao passar pela mesa de jantar, encontrei aquele refrigerante que eu estava tomando. Vou pegar o talão, mas antes vou guardar o refrigerante na geladeira.

08. Estou andando em direção à cozinha quando noto que as flores no vaso parecem murchas, é melhor trocar a água antes.

09. Coloco o refrigerante no balcão da cozinha, quando... Ah! Achei meus óculos! Estava procurando desde manhã! É melhor guardá-los logo.

10. Pego uma vasilha, encho de água, e vou em direção ao vaso.

11. Deixaram o controle remoto da TV aqui em cima. À noite, quando formos assistir, ninguém vai se lembrar de procurar na cozinha. É melhor levá-lo para sala.

Mas...

12. Ponho meus óculos sobre a mesa e pego o controle.

13. Estou colocando água na planta, mas caiu um pouco no chão. Jogo o controle sobre o sofá e vou buscar o pano.

14. Vou andando pelo corredor e penso que precisava trocar a moldura deste quadro.

15. Estou indo, quando tento me lembrar o que é que eu estava indo fazer.

16. Ah! Os óculos... Depois! Primeiro o pano. Pego.

17. Vou em direção às flores, mas vejo a lixeira cheia.

18. Final do dia: o carro continua sujo, as contas não foram pagas, o refrigerante continua lá, quentinho, as flores foram aguadas pela metade, só tenho uma folha de cheque e não sei onde estão as chaves do carro!

19. Quando tento entender porque nada foi feito hoje, fico atônito, pois sei que estive ocupado o dia inteiro!

20. Percebo que isto é uma coisa seríssima e que irei em busca de auxílio, mas antes, acho que vou checar minha correspondência.

Favor divulgar esta mensagem para todos seus conhecidos, pois eu não me lembro para quem eu enviei! Mas não mande de volta para mim, ou posso enviá-la para você de novo!





Como fazer um delinquente



→ 01. Comece na infância a dar ao seu filho tudo que ele quiser. Assim, quando crescer, ele acreditará que o mundo tem obrigação de lhe dar tudo o que ele deseja.

→ 02. Quando ele disser nomes feios, ache graça. Isso o fará considerar-se interessante.

→ 03. Nunca lhe dê orientação religiosa. Espere até que chegue aos 21 anos e “decida por si mesmo”.

→ 04. Apanhe tudo que ele deixar jogado: livros, sapatos, roupas, tênis. Faça tudo para ele, para que aprenda a jogar sobre os outros toda a sua responsabilidade.

→ 05. Discuta com frequência na presença dele. Assim não ficará muito chocado quando o lar se desfizer mais tarde.

→ 06. Dê-lhe todo o dinheiro que quiser. Nunca o deixe ganhar seu próprio dinheiro. Por que terá ele de passar pelas mesmas dificuldades que você passou?

→ 07. Satisfaça todos os seus desejos de comida, bebida e conforto. Deixe que se tatue à vontade, ache lindo e moderno. Negar pode acarretar frustrações prejudiciais.

→ 08. Tome partido dele contra vizinhos, professores, policiais (Todos têm má vontade para com o seu filho.).

→ 09. Quando ele se meter em alguma encrenca séria, dê essa desculpa: “Nunca consegui dominá-lo”.

→ 10. Não cobre dele atitudes de respeito aos mais velhos: como cumprimentar ao chegar num local e despedir ao sair.

→ 11. Satisfaça todos os seus desejos de consumo. Dê-lhe presentes acima das suas posses. Faça-o, desde pequeno, um consumista.

 → 12. Prepare-se para uma vida de desgosto. É o seu merecido destino.




(Conclusões da Polícia de Houston, Texas)