quarta-feira, 23 de maio de 2018

Se você voltasse...


(Poema de uma moça americana a um soldado
 que foi lutar no Vietnã)


Lembra-se do dia em que tomei emprestado
o seu carro novo e o amassei?
Pensei que me mataria, mas você não me matou.

E lembra-se da vez em que o arrastei para a praia
e você disse que ia chover, e choveu?
Pensei que ia dizer: “- Eu não disse?”
Mas você não disse.

Lembra-se da vez em que namorei todos os caras
para lhe fazer ciúmes e consegui?
Pensei que você me largasse,
mas você não largou.

Lembra-se da vez em que derramei torta de
morangos em cima do tapete do seu carro?
Pensei que fosse me bater,
mas você não bateu.

E lembra-se da vez em que esqueci de lhe avisar
que a festa era a rigor, e você apareceu de jeans?
Pensei que fosse me largar, mas você não largou.

É, houve uma porção de coisas que você não fez.
Mas me aguentou, e me amou, e me protegeu.
Havia muitas coisas que eu queria lhe retribuir
quando você voltasse do Vietnã...

...mas você não voltou...



terça-feira, 22 de maio de 2018

Pneumonia



“Pensei que fosse gripe,
mas era pneumonia bacteriana!”

1) Qual a diferença entre gripe e pneumonia?

→ A gripe é um a doença aguda causada por vírus que acomete as vias aéreas superiores e seus sintomas duram em média 5 dias. Já a pneumonia, se caracteriza como uma infecção no trato respiratório podendo se espalhar para o sangue e se alojar nos pulmões.

Apesar de serem doenças diferentes, a pneumonia é a complicação mais frequente da gripe.

2) O que é pneumonia pneumocócica?

→ É uma infecção nos pulmões causada pela bactéria pneumococo. Ela se instala no trato respiratório inferior, podendo se espalhar para o sangue e se alojar nos pulmões.

3 em cada 10 casos de pneumonias em pacientes internados são causadas pelo pneumococo, o que representa 1,6 milhões de mortes no mundo, sobretudo em crianças e idosos, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

3) Por que a pneumonia pneumocócica é mais comum nesse período? (inverno)

→ A pneumonia pneumocócica é uma doença que acontece em todas as estações, sendo mais frequente quando o ar é mais seco e frio, causando lesões nas mucosas do nariz e de outros órgãos que levam o ar aos pulmões, comprometendo as células de defesa e aumentando as chances da bactéria pneumococo chegar aos pulmões. Ambientes fechados também favorecem o contágio.

4) Estou correndo riscos?

→ Pessoas com o sistema imune debilitado por causa da gripe, tabagismo, doenças crônicas, respiratórias, cardíacas, doenças associadas ao diabetes e idosos têm mais riscos de contrair pneumonia pneumocócica.

5) Como diferenciar os sintomas da pneumonia pneumocócica dos sintomas da gripe?

→ Os sintomas da pneumonia pneumocócica são: febre, calafrios, dor no peito, tosse, falta de ar, fraqueza, queda da pressão arterial, frequência cardíaca elevada, confusão mental e complicações com efeito mais duradouro.

6) Como é realizado o diagnóstico de pneumonia?

→ Através de exame clínico, auscultação dos pulmões, radiografias de tórax e exames laboratoriais. Consulte sempre um médico ao perceber os primeiros sintomas.

7) Como posso evitar a pneumonia pneumocócica?

→ Ela pode ser prevenida através de hábitos saudáveis, como boa alimentação e exercícios regulares. Além disso, podemos prevenir a pneumonia pneumocócica através da vacinação, que pode ser administrada juntamente com a vacina contra a gripe.

Resumo:

Pneumococo → é a bactéria que causa 3 em cada 10 pneumonias, sendo responsável por 1,6 milhões de mortes no mundo.

A pneumonia pneumocócica pode ocorrer em todas as estações do ano, e não só no inverno.

A exposição prolongada a ambientes com ar-condicionado favorece o aparecimento de pneumonia pneumocócica.

Calafrios, febre alta, dor no peito estão entre os principais sintomas de pneumonia pneumocócica.

A vacina contra gripe não protege diretamente contra pneumonia pneumocócica, porque são doenças com características diferentes. Apesar disso, a gripe pode ser uma complicação da pneumonia pneumocócica se não tratada corretamente.

A pneumonia pneumocócica pode ser prevenida por vacina especifica contra a bactéria pneumococo.

A vacina contra gripe não protege diretamente contra a pneumonia pneumocócica, porque são doenças com características diferentes.

(Folheto da Pfizer Vacinas)


segunda-feira, 21 de maio de 2018

Novas Regras da Aposentadoria


Saiba como pedir aposentadoria
 por idade pela internet ou telefone



A partir desta segunda-feira (21.05.2018), aposentadorias por idade e salário-maternidade urbanos poderão ser concedidos automaticamente pela internet, no site Meu INSS, ou pelo telefone 135. A expectativa do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) é que de 15% a 20% dos pedidos possam ser atendidos imediatamente por esses canais, sem a necessidade de comparecer presencialmente às agências.

Como fazer

→ O pedido poderá ser concedido automaticamente, no caso da aposentadoria por idade, caso os solicitantes tenham completado pelo menos 15 anos de contribuição e tenham a idade mínima de 60 anos, se forem mulheres, e 65, homens. Além disso, o segurado não pode estar aposentado.

→ Já o salário-maternidade poderá ser concedido automaticamente para as mães após o nascimento dos filhos. O sistema checará a certidão de nascimento da criança e o vínculo empregatício da mãe. Os benefícios solicitados antes do parto não serão atendidos imediatamente; serão encaminhados pelo próprio sistema para a análise.

→ Caso se enquadrem nos requisitos, os processos serão concluídos em até 30 minutos, após a análise do próprio sistema, que consultará automaticamente os bancos de dados disponíveis para verificar as informações.

→ O atendimento por telefone funciona de segunda a sábado, de 7h às 22h. No início da manhã e fim do dia ou início da noite, segundo o INSS, a demanda é menor e os horários podem ser aproveitados pelos segurados. A ligação é gratuita de telefone fixo ou público e tem o preço de ligação local pelo celular.

→ Pela internet, basta acessar o Meu INSS, pelo computador ou pelo celular. Segundo o INSS, o canal tem mais de 7 milhões de usuários cadastrados.

Mais comodidade

→ A orientação do INSS é que todos os pedidos de aposentadoria e salário-maternidade urbanos sejam feitos prioritariamente pela internet ou por telefone. Aqueles pedidos que precisarem de uma análise adicional serão encaminhados pelo próprio sistema a servidores do INSS. O segurado será acionado posteriormente e poderá ter o pedido atendido, ainda sem a necessidade de comparecer a uma unidade do INSS, ou precisar ir presencialmente entregar os documentos que faltarem.

→ Os sistemas do INSS já especificarão quais documentos o segurado deverá levar e em qual agência deverá comparecer. Será indicada a agência mais próxima da casa do contribuinte. Ele terá até 30 dias para ir até o local.

→ “Essas medidas tendem a reduzir o número de atendimentos nas agências e oferecer mais comodidade ao cidadão”, diz o chefe substituto da Divisão de Atendimento da Superintendência Regional Norte e Centro-Oeste do INSS, Jair Guerra.

→ Antes, o contribuinte precisava fazer o agendamento prévio para, então, comparecer presencialmente a uma agência do INSS e entrar com o pedido do benefício. Para se ter ideia, apenas no Distrito Federal, o tempo de agendamento para aposentadoria é de 26 dias, em média, e para o salário-maternidade, 16 dias.

Quem não tem telefone e internet

→ Em último caso, se não puder usar nem o telefone, nem a internet, o segurado ainda poderá ir presencialmente à agência para solicitar os dois serviços. Não haverá mais, no entanto, o agendamento.

Plantão de atendimento

→ A partir desta segunda-feira, equipes da Diretoria de Atendimento do INSS estarão de plantão nas centrais telefônicas do 135 e nas principais agências do país para acompanhar a entrada em operação do requerimento de benefícios sem agendamento.

Pensões

→ De acordo com Guerra, nos próximos meses, a concessão automática do benefício será ampliada para outros tipos de aposentadoria e pensões.

→ “Isso vai refletir nos demais serviços do INSS, uma vez que o servidor não terá a necessidade de analisar esses processos. O tempo deles poderá ser usado para analisar outros benefícios. Pesa como um todo no serviço, reduz o tempo de atendimento do cidadão e evita deslocamento”, diz.

(Revista IstoÉ, maio de 2018)

domingo, 20 de maio de 2018

Gafieira



→ Gafieira é um termo usado no Brasil para designar bailes populares, como o forró ou o arrasta-pé, assim como os espaços onde esses bailes se realizam. O empresário carioca Júlio Simões terá sido o pai desse estilo de baile, ainda na década de 1900, sendo o termo “gafieira” cunhado mais tarde, com conotação inicialmente pejorativa, pela pena do jornalista Romeu Arede. O termo foi rapidamente adotado pela sociedade carioca, sendo atualmente de uso comum. A gafieira tem um estilo musical associado, o samba de gafieira.

Convite à gafieira*

Charlie Dief

Pintura de Lan

Vamos dançar,
Piston tirou a surdina,
Pegue seu par,
A noite é uma criança.
É universo gafieira
A convidar...
Pra bailar...

Vamos cantar,
Pra espantar a tristeza,
Extravasar,
E celebrar essa noite.
É universo gafieira
A convidar...
Vem dançar...

Com exuberância a dama encanta a cada girar,
E com elegância o homem conduz passo a passo a marcar...
A pista reluz feito um chão de estrelas
                No céu a espelhar e a vibrar...
Com os metais a soprar, vai...
Vestido, sandálias,
Um terno de linho,
Um beijo, um chamego,
Um simples carinho,
Amigos, amantes,
Casais e sozinhos.
A dança e o amor
Estão no ar...

*Ouça essa música “Convite à gafieira” com o conjunto Universo Gafieira (videoclip oficial). Ela está na internet.



Crase - Macete

Macete simples para saber onde ocorre a crase

(Em caso de ir a algum lugar)


Crase é a junção da preposição “a” com o artigo “a” e com alguns pronomes que se iniciam com a letra “a”. A crase é um fenômeno fonético ( ` ) que representa a junção da preposição “a” com o artigo feminino “a”.



A primeira regra simples para ocorrer a crase é que a palavra seguinte seja feminina.

Exemplo: A............... é bonita. Se a palavra, que colocarmos na linha pontilhada, não aceitar o artigo definido feminino “a”, não vai ocorrer a crase. Se aceitar, ocorrerá a crase.

A Bahia é bonita. Bahia aceita o artigo feminino “a”. Logo: Eu vou à Bahia.

Brasília é bonita.  Brasília não aceita o artigo feminino “a”. Logo: Eu vou a Brasília.

Quem fica “na”, acento no “à”: Estou na Bahia, pois viajei à Bahia.

Quem fica “em”, fica “sem”: Estou em Brasília, pois viajei a Brasília.

Quem vai “a” e volta “da”, crase há. Fui à Bahia e já voltei da Bahia

Quem “a” e volta “de”, crase pra quê? Fui a Brasília e já voltei de Brasília.



Palavras de grandes mulheres



“Há dois tipos de pessoas:
As que fazem as coisas e as que ficam com os louros.
Procure ficar no primeiro grupo.
Há menos competição lá.”

Indira Ghandi – Estadista

“Eu sou aquela mulher que fez a escalada da montanha da vida,
removendo pedras e plantando flores.

Cora Coralina – Poetisa

“Se você já foi ousada,
não permita que a amansem.”

Isadora Duncan – Bailarina

“O mais corajoso dos atos ainda é pensar com a própria cabeça.”

Coco Chanel – Estilista

“A idade não protege contra o amor.
Mas o amor, na medida certa, protege contra a idade.”

 Jeanne Moreau – Atriz

“Prazer não é não ter nada para fazer, é ter muito e não fazer nada.”

Martha Haston – Escritora

Mentes criativas são conhecidas por resistir a todo tipo de maus tratos.”

Anna Freud – Psicanalista

“Minha receita para a vida é nunca ter medo de mim mesma,
medo do que penso ou das minhas opiniões.”

Eartha Kitt – Cantora

“Se você obedece todas as regras, perde toda a diversão.”

Katherine Hepburn – Atriz

“Não acreditamos em reumatismo, nem em amor verdadeiro, 
até o primeiro ataque.”

Maria von Ebner-EschenbachEscritora

“Foi pelo trabalho que a mulher transpôs, em grande parte,
a distância que a separava do macho;
e só o trabalho pode garantir-lhe uma liberdade concreta.”

Simone de Beauvoir Escritora

“Você não pode escolher como vai morrer ou quando.
Você só pode decidir como vai viver agora.”

Joan Baez – Cantora

“Quebro a cara toda hora.
Mas só me arrependo do que deixei de fazer por preconceito, 

problema ou neurose.”

Leila Diniz – Atriz











Uma mulher fiel



Conta um filósofo que, passando certa vez por um cemitério, viu uma mulher sentada junto a um túmulo e abanando-lhe a terra fresca. A curiosidade é a alma da filosofia. O filósofo aproximou-se e pediu respeitosamente à mulher contar-lhe por que abanava aquele túmulo. A mulher enrubesceu, mas não respondeu. E o filósofo prosseguiu no seu caminho. Mas foi logo alcançado por uma jovem que lhe disse: “Ouvi-o dirigir uma pergunta a minha ama. Posso responder-lhe por ela se me der cinco moedas que pagarei no templo para obter o perdão dos meus pecados.”

O filósofo sorriu e entregou as moedas; e a jovem disse:

“Minha ama era casada com um homem que amava e de quem era amada apaixonadamente. Quando ele adoeceu e estava agonizando, minha ama entrou em violento desespero.

− Prometo-lhe seguir-te ao túmulo, dizia, pois para mim a vida sem ti é pior que a morte.

Mas meu amo disse-lhe: “Minha querida, não prometas tanto.”

− Deixa-me pelo menos prometer que nunca me casarei de novo. Pois quero ter um só marido como tenho uma só alma.

Mas meu amo disse-lhe: “Minha querida, não prometas tanto. Promete-me apenas guardar fielmente minha memória enquanto a terra não secar por cima de meu túmulo.”

Minha ama fez uma promessa solene, e meu amo morreu.

O sepultamento foi atendido por muitos amigos. Um deles, cavalheiro de grande distinção, falou à minha ama um pouco de seu marido e muito de si mesma. E prometeu voltar breve.

Para não quebrar sua promessa, minha ama está abanando a terra do túmulo para que seque antes do cavalheiro voltar.”

(Lenda antiga contada por Anatole France)